Brandbook: por que minha marca precisa de um?

Antes de falarmos em brandbook, vamos lembrar um conceito fundamental de marca: a imagem de todas as empresas – e aqui vale a pena generalizar – deverá ser condizente com a forma com que ela se relaciona e conversa com seu público. Sempre. Para o CEO da Starbucks, Howard Schultz, “uma marca tem de parecer um amigo”. Esse conceito de aproximar o público dando identidade Continue lendo

Por que a tipografia importa?

No mundo da publicidade, onde um olhar passageiro pode ser o máximo de atenção que uma marca vai conquistar, o esforço para ser notado precisa ser grande. O consumidor deve entender a mensagem que sua marca está tentando passar. Se o texto é muito pequeno para ser lido ou tem pouco espaçamento (ou seja, pouca ou nenhuma legibilidade), seu produto não Continue lendo

1674219444_858194eb37_b.jpg

3 dicas para transformar a sua marca em uma lovemark

Criar conexões emocionais com seus consumidores é uma das maneiras como o marketing está se reinventando. Que empresa nunca quis que sua marca fosse amada por seus clientes? O termo lovemark, que define a marca que possui essa relação de amor com seus consumidores, foi cunhado por Kevin Roberts, CEO mundial da Saatchi & Saatchi e autor do livro “Lovemarks: Continue lendo

1419280299jlg1c.jpg

3 cases de marcas para você se inspirar

O ano está começando e nada melhor do que ver cases de outras marcas para se inspirar. Separamos três marcas que estão presentes no dia a dia de brasileiros e que conquistaram um lugar no coração e na mente de milhões de consumidores. São elas:

Natura

Poucas empresas brasileiras desenvolveram uma cultura corporativa tão forte quanto a fabricante Continue lendo

SOLT0000000000000113-150511-0.jpg

Dicas para que o site da sua empresa seja, enfim, responsivo

Desenvolver recursos responsivos é cada vez mais uma alternativa à competitividade do mercado. Afinal, para a sobrevivência das empresas é fundamental atender à demanda crescente por conteúdo acessado a partir de qualquer tipo de dispositivo – tablets, smartphones, notebooks ou desktops, por exemplo. Só no Brasil, 43 milhões de pessoas acessam Continue lendo